Lenço Tie Dye Bordado (Collab Utopiar)

R$80,00

Esse lenço foi feito por uma parceria entre a Tereza Vale a Pena e a Utopiar, uma plataforma que capacita e trabalha com mulheres que estão superando histórias de violência doméstica.

Portanto, a collab é uma história linda de ressignificação. As mulheres que fizeram esse lenço são como sereias: vivem e convivem de forma híbrida em mundos super diversos.

Por isso, o lenço é tingido à mão em tons de azul que representam o mar e bordado com elementos que retratam o mar e a sereia.

É uma peça super leve e versátil, podendo ser usada de diversas formas na cabeça, pescoço, pulso e alça da bolsa.

100% viscose | 45cm x 45cm | Tamanho único

O Lenço é cortado, costurado e bordado à mão por mulheres que estão ressignificando suas histórias no cárcere e tingido à mão por mulheres que estão ressignificando suas histórias de violência doméstica.

Quem faz o produto

Tânia Rodrigues Corrêa, 34 anos

Sou mãe de três filhos e estou privada de minha liberdade há três anos e cinco meses. Sou filha de uma guerreira, que foi mãe e pai para mim, e agora para meus filhos também. Meu pai faleceu cedo, portador de HIV, e a lembrança que tenho é que ele batia muito na minha mãe. Mas apesar de ser alcoólatra, era um bom pai e eu o amava muito. Abandonei os estudos aos 15 anos e logo depois conheci o meu primeiro amor. Achava que ele era um playboy, mas meses depois descobri que ele era filho do maior traficante da cidade. Aí eu já estava grávida e completamente apaixonada. Tinha 18 anos quando meu filho nasceu e, querendo dar a ele tudo o que eu não pude ter, caí de vez no mundo do crime. Esqueci que o mais importante para meu filho era ter uma mãe presente… Mais tarde, engravidei novamente e, com a ajuda da minha mãezinha, consegui me afastar das drogas. Mas um antigo processo me levou de volta à prisão, desta vez grávida do terceiro filho. Quando eu achava que estava tudo acabado, que nunca seria uma mãe digna, tive essa rica oportunidade de me tornar uma cooperada. Descobri um novo talento dentro de mim, e que, nesse lixo que é a cadeia, pode nascer não só uma flor, mas um jardim inteiro.   

Você também pode gostar de…

TOPO