Ao comprar um produto com a marca Tereza, você ajuda a manter detentos, ex-detentos e suas famílias longe da criminalidade, diminuindo a violência no país. Nossos artigos são produzidos por cooperativas e empresas sociais formadas por pessoas presas, nas quais elas continuam trabalhando mesmo quando alcançam a liberdade. Toda a renda gerada com as vendas é dividida entre os sócios cooperados.

A “Casa Tereza” é um holding de cooperativas sociais formadas por mulheres encarceradas, egressas do sistema prisional e vítimas de violência doméstica que surgiu com o intuito de prover acolhimento, capacitação técnica e capital semente para startups nascidas dentro das penitenciárias brasileiras.

 

Enquanto marca, a Tereza nasce para reunir, sob um único nome, os produtos dessas cooperativas, possibilitando às mulheres envolvidas uma oportunidade de ressocialização por meio do empreendedorismo cívico-social

 

O nome vem de uma expressão utilizada dentro dos presídios, onde “Tereza” representa uma corda improvisada, feita com lençóis amarrados, usada em tentativas de fuga. Agora, transformou-se em sinônimo de produtos de qualidade, com a missão de garantir que as cooperadas nunca voltem ao cárcere. Tereza continua significando liberdade – não de forma transitória, mas permanente, oferecendo uma alternativa ao crime por meio do trabalho em rede.

 

A marca e seus canais de venda são gerenciados pelo Instituto Humanitas360.

 

Causa

 

Nosso trabalho é dedicado inteiramente à ressocialização de mulheres egressas, privadas de liberdade e vítimas de violência doméstica, promovendo o empoderamento cívico-social e a independência financeira – esse é o pilar que norteia a Casa Tereza.

 

A ressocialização abarca, também, o combate à violência e à criminalidade, o empoderamento feminino promovido pela renda dos lucros do projeto, bem como o empreendedorismo e a sustentabilidade financeira das cooperadas. 

 

Conheça mais sobre a realidade dos egressos do sistema prisional acessando o Guia do Egresso – desenvolvido pelo Instituto Humanitas360.